Museu e Casa da Cultura

Museu e Casa da Cultura de Buíque

O antigo imóvel de Maria Emília Cursino de Freitas e Eduardo José de Freitas, por muitos anos serviu como farmácia e residência da família Cursino de Freitas. Desde 1990, guarda fotografias e objetos antigos característicos de vários períodos do passado de buiquense.

O imóvel, cuja estrutura permanece fiel ao período em que fora construído (nas primeiras décadas do século XIX) acomoda duas instituições municipais: o Museu Eduardo José de Freitas, inaugurado em 26 de maio de 1990 e a Casa da Cultura Lenira Cursino de Freitas, inaugurada em 07 de setembro de 2000.

É administrado pela Secretaria de Turismo, Cultura, Lazer e Esportes da cidade. Lá estão os restos mortais de uma indígena do período pré-cabraliano, encontrada em território do Parque Nacional do Catimbau. A mulher viveu há 6 mil anos. Outra ossada corresponde a uma preguiça-gigante, que viveu na região num período entre 8 e 10 mil anos. Esta última, encontrada durante a escavação de um barreiro no Sítio Charco.

As recordações de bandas e músicos que marcaram época na cidade, convidam a um passeio salteado nos discos de vinil. As bandas de maior sucesso foram: Som Bléss Set e Casca de Romã.

Moedas, móveis, objetos e imagens de santos e cidadãos ilustres que ajudaram a construir a história local, agrupam-se nas paredes, salas e pisos da antiga residência para transportar os visitantes numa viagem temporal, envolta em curiosidades, mistérios e um ar de saudade que faz até mesmo quem nunca esteve naquele passado, sentir-se parte dele.

 


 


HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO:

SEGUNDA À SEXTA-FEIRA: 08h:00 às 13h:00 | 14h às 17h:00

SÁBADOS: 08h:00 às 12h:00 | 14h:00 às 17h:00 | 19h:00 às 21h:00 [visita agendada]

Em virtude da pandemia, o espaço encontra-se fechado


ENDEREÇO:

Praça Major França, 74 – Centro, Buíque-PE | CEP: 56520-000