Geografia

De acordo com o último censo realizado pelo IBGE [2016], a área da unidade territorial corresponde a 1.320,871 km², altitude: 798m acima do nível do mar; Buíque está há 285km da capital, via BR-232 e a população média para 2017 é de 57.696 habitantes. Bioma predominante: caatinga.

O município é formado pelos distritos: Sede, Carneiro, Catimbau e Guanumbi e, pelos povoados de Tanque, Amaro e Riachão. Faz fronteira ao norte com os municípios de Arcoverde e Sertânia, ao sul com Águas Belas, a leste com Pedra e a oeste com Tupanatinga e Itaíba.

Está inserido predominantemente na unidade geoambiental do Planalto da Borborema, formada por maciços e outeiros altos, com altitude variando entre 650 a 1000 metros. Ocupa uma área de arco que se estende do sul de Alagoas até o Rio Grande do Norte.

Relevo

O relevo é geralmente movimentado, com vales profundos e estreitos dissecados. Com respeito a fertilidade dos solos é bastante variada, com certa predominância de média para alta. Ocorrem ainda no centro e a noroeste do município áreas inseridas nas unidades geoambientais das Depressões Sertanejas e das Bacias Sedimentares, respectivamente.

A área principal da unidade é recortada por rios perenes, porém de pequena vazão e o potencial de água subterrânea é baixo. A vegetação desta unidade é formada por Florestas Subcaducifólica e Caducifólica, próprias das áreas agrestes.

Nas superfícies, suave onduladas a onduladas, ocorrem os plano-solos, mediamente profundos, fortemente drenados, ácidos à moderadamente ácidos e fertilidade natural média. Ainda nos Podzólicos, que são profundos, textura argilosa e fertilidade natural média a alta.

Nas elevações ocorrem os solos Litólicos rasos, textura argilosa e fertilidade natural média. Ocorrem ainda, afloramentos de rochas.

A província Borborema, sendo constituída pelos litotipos dos complexos Cabrobó, Belem de São Francisco e Vertentes, dos Granitóides Indiscriminados, das Suítes intrusiva Leucocrática Peraluminosa e Calcialcalina de Médio a alto Potássio Itaporanga, da formação Tacaratu e pelos Depósitos Colúvios-eluviais.

Serras

  • Serra Branca – na divisa com o município de Tupanatinga
  • Serra da Andorinha – próximo a Serra do Catimbau
  • Serra da Lagoa – próximo ao Sítio Xucuru
  • Serra da Mina Grande – onde está localizada a sede dos indígenas Kapinawá (Catimbau)
  • Serra das Meninas – próximo ao Sítio Queimada da Onça
  • Serra de Jerusalém – próximo ao Sítio Pititi
  • Serra de São José (Brejo) – parte da Serra do Catimbau
  • Serra do Boi – próximo ao Sítio Lameiro
  • Serra do Buíque – próximo ao Sítio Cigano
  • Serra do Chapéu – próximo ao sítio Baixa Grande
  • Serra do Coqueiro – próximo ao Sítio Fernandes
  • Serra do Dário – próximo ao Sítio Barracas
  • Serra do Pinga – próximo ao Sítio à Mina Grande (Catimbau)
  • Serra do Salobro – parte dela abrange o município de Buíque e a outra, Arcoverde.
  • Serra do Servo – próximo ao Sítio Isidoro ou Isídio
  • Serra do Tibúrcio – próximo ao Sítio Mocó
  • Serra Grande – próximo ao Sítio Calumbi
  • Serra Saco da Ema – próximo aos Sítios Ingá e Riacho Fundo
  • Serrado Mota – próximo à Serrinha
  • Serrote Preto – próximo a Serra (Brejo) de São José

Riachos

  • Riacho Cafundó – próximo ao Sítio Cafundó de Cima
  • Riacho Caldeirão – próximo ao Sítio Logradouro
  • Riacho Coqueirinho – próximo ao Sítio Coqueiro
  • Riacho da Ponta da Várzea – próximo ao Sítio Brejinho de Baixo
  • Riacho do Cafundó – localizado na Serra do Boi
  • Riacho do Catimbau – localizado no distrito do Catimbau
  • Riacho do Jaburu – riacho que banha a região do Amaro
  • Riacho do Mel – parte dele passa por Buíque. Servindo como divisa com Sertânia
  • Riacho do Mororó – riacho sazonal (que escorre em períodos chuvosos), também conhecido como rio Mororó
  • Riacho do Mota – abaixo da Serra do Mota
  • Riacho do Negro – riacho que banha o distrito de Guanumbi
  • Riacho do Pinto – próximo à divisa com Tupanatinga
  • Riacho do Salgado – próximo ao Sítio Lambedouro
  • Riacho do Umbuzeiro – próximo ao Sítio Lagoa do Meio
  • Riacho do Xucuru – próximo ao Sítio Xucuru
  • Riacho dos Pilões – próximo ao Sítio Isídio
  • Riacho Mimoso – próximo ao Sítio Serrote Preto
  • Riacho do Mulungu – próximo a barragem do Mulungu
  • Riacho Salgado – próximo ao Sítio Brito

Lagoas

  • Sumidouro – próximo à estrada da Cruz de São Benedito
  • Lagoa do Riachão – próximo ao povoado do Riachão
  • Lagoa do Negro – depois do Sítio Pilãozinho, acima da estrada que segue para o distrito Guanumbi
  • Lagoa do Mato – próximo ao Sítio Mocó

Brejos

  • Brejo do Catimbau – no distrito do Catimbau
  • Brejo de São José – no distrito do Carneiro
Traduzir »
error: Página protegida